NOTÍCIAS » CONGRESSO MINEIRO DE CFCS REÚNE CATEGORIA EM DOIS DIAS DE TRABALHO NO SESC VENDA NOVA EM BH

Dois dias de trabalho, muita informação e troca de experiências, rodada de negócios, palestras em altíssimo nível, oficinas práticas, debate e sorteio de brindes. Assim foi o Congresso Mineiro de CFCs, que aconteceu na última sexta-feira (15/11/19) e no sábado (16/11/19), no Sesc Venda Nova, em Belo Horizonte.

Organizado pelo Siprocfc-MG, com apoio institucional da Fecomércio-MG, o evento contou com a participação de cerca de 300 pessoas nos dois dias de trabalho, as quais também puderam conhecer mais de perto o trabalho dos apoiadores e patrocinadores do evento: PinPag, Icetran, TechPark, Search Tecnologia, Grupo Criar, VSoft, RealDrive, Caeptox, Centec, Auto Clique, Berdine Seguros e Porto Seguro, que montaram estandes de exposição de seus serviços e produtos, promovendo rodadas de negócios nos intervalos do evento.

O presidente do Siprocfc-MG abriu o evento lembrando a razão da realização do Congresso. "Enquanto estamos aqui, cerca de 50, 100 pessoas perderão a vida em acidentes de trânsito. Minas Gerais é um dos Estados campeões em acidentes, até mesmo porque é o que possui a maior malha rodoviária. O papel de nós dos CFCs é fundamental para mudar esse cenário. Com apoio de toda a sociedade e do Governo", afirmou. Ao lado de Alessandro, o presidente do Instituto Zero Acidente, Vilnei Sessim, lembrou a importância de ações para um trânsito mais seguro.

A primeira palestra do dia, "A moeda do varejo – Descubra o valor do seu cliente" foi ministrada pelo professor Manoel Ignácio, que demonstrou a importância do atendimento qualificado e primoroso aos clientes. Com muito humor, o professor contou ao presentes exemplos de bom atendimento e sugeriu que as autoescolas devam construir um relacionamento, valorizar e encantar seus alunos. "O cliente fica encantado quando é surpreendido. Façam além do esperado", ensinou.

Ao fim de sua apresentação, Manoel Ignácio disse, em exclusividade aos canais de comunicação do Siprocfc-MG, se sentir privilegiado em participar de um evento como o Congresso Mineiro para CFCs. "Este ano vim tratar de um assunto diferente do que falei nos anos anteriores (já falou sobre Direito do Trabalho e Direito do Consumidor). O grande negócio é o CFCs entenderem que o cliente precisa de um atendimento qualificado e diferenciado, para que fique marcado no aluno, pois este terá vivido experiência de compra fora do comum", disse. O professor sugere que os CFCs façam treinamentos com as suas equipes e que o atendimento qualificado seja alinhado entre todos os setores da empresa, da recepção até o instrutor de trânsito. "É importante, também, estar sindicalizado, para que o Siprocfc-MG continue se fortalecendo e lutando pelos interesses da classe", sugeriu.

O presidente do Instituto Via e vice-presidente da Comissão de Educação de Trânsito da OAB-PB, João Eduardo Moraes de Melo, que já trabalhou no Denatran, apresentou a segunda palestra do dia: "Transformação digital na formação de condutores". No início de sua apresentação, Melo opinou que o Governo está perdendo a chance de debater. "Acho que deveria parar tudo este ano e chamar para o debate: os CFCs, as universidades, as empresas, os especialistas. Estão mudando muita coisa sem debate. Não se explica, não se diz o porquê. A sociedade não é ouvida, não é debatido", questionou ao lembrar que o Brasil gasta, anualmente, cerca de R$43 bilhões com acidentes de trânsito.

Para ele, os CFCs são a grande mola propulsora do sistema nacional de trânsito e precisam entender a importância que têm no processo de diminuição da acidentabilidade, lesões e mortes no trânsito. "Continuem nesse caminho. Debatendo, produzindo e especialmente procurem se qualificar. A tecnologia está aí fartamente, mas é preponderante o fator humano, para que cada vez mais humanizem o atendimento", declarou. "Um Congresso como este, reunindo CFCs em um feriado, nos dá muita esperança que a gente possa ter um trânsito melhor, mais humano e mais seguro", elogiou Melo, que, ao convocar o presidente Alessandro para que realize um Congresso em âmbito nacional, aproveitou para elogiá-lo: "Alessandro é um grande baluarte, é uma liderança nacional. Um cara sereno, sensato. Tem levado a preocupação dos CFCs de Minas. Ele tem visão holística nacional do que precisa ser feito no país. Está ativamente no Congresso Nacional, no Denatran, Contran, Governo Federal. Alessandro ainda terá muito a nos dar em termos de liderança em defesa da categoria", concluiu.

Na sequência, o presidente do Siprocfc-MG, Alessandro Dias, apresentou o projeto Habilitação Cidadã através de vídeos informativos e contou que o primeiro teste foi feito na cidade de Governador Valadares. Em breve, serão publicadas mais informações sobre este projeto, que ainda vai terminar de ser validado. Será mais um serviços disponibilizado para os associados, pois quem faz isso tudo acontecer são as autoescolas que contribuem com a manutenção do Sindicato. o associados. "Mas não vamos excluir ninguém", afirmou Alessandro.

Mais conhecimento à tarde

Na volta do almoço, os trabalhos continuaram com a apresentação de um vídeo sobre o Sistema S, com os benefícios e as vantagens de o Siprocfc-MG estar inserido e ser filiado à Fecomércio MG. Os proprietários de CFCs já podem, por exemplo, fazer a carteirinha do Sesc para usufruir das unidades de lazer.

Logo depois, veio a palestra do especialista em trânsito, Julyver Modesto, que falou sobre as alterações legislativas, a sequência histórica das proposições e o cenário atual. Ao apresentar números e dados, o especialista, ao final, respondeu as dúvidas dos presentes ao evento. Sobre o simulador de direção veicular, por exemplo, ele acredita que existe a possibilidade de o equipamento voltar a ser exigido pela fragilidade com que foi retirado. "Em que momento isso pode acontecer é uma incógnita. Não dá pra saber", afirmou.

Ao final de sua apresentação foram abertas as perguntas com a mediação do presidente do Siprocfc-MG, Alessandro Dias, que ressaltou a importância de o cenário político ser discutido, pois impacta no dia a dia dos CFCs. "Só este ano, por exemplo, foram apresentados mais de 200 Projetos de Lei voltados para o trânsito", lembrou o presidente.

Ao descer do palco, Julyver elogiou o evento. "A gente percebe nitidamente que as pessoas estão empenhadas em buscar melhorias no processo de formação de condutores e compartilhar suas próprias experiências. Recebi o convite para palestrar neste evento e escrever para a revista. Vi também que foram lançados podcasts para divulgar as ações do Sindicato. Tenho visto que o Siprocfc-MG é bastante atuante", finalizou.

Por fim, o Detran-MG esteve presente para esclarecimento de dúvidas. O assessor especial da Divisão de Habilitação (DH), Wagner Félix, representou o órgão de trânsito, ao lado de um novo servidor, o Reginaldo. Wagner respondeu a perguntas e informou novidades, como a mudança do sistema do Detran-MG (que está deixará de ser chamado de Siaex e se tornará SSC). "O novo sistema é muito melhor. É natural que, em um primeiro momento, haja problema, mas podem ficar tranquilos que a equipe está a postos de plantão para esclarecer as dúvidas. A ampliação do portal vai possibilitar a oferta de novos serviços", informou.

Um questionamento que Wagner já apresentou solução: os CFCs vão voltar a poder atualizar endereços. Outra informação é que até já foi publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais (DOEMG), que, a partir de agora, todos os cursos estarão sob a responsabilidade da DH. A Coordenação de Educação no Trânsito do Detran-MG só tratará das campanhas de educação.

O presidente Alessandro Dias agradeceu publicamente o diálogo franco e aberto mantido entre o Siprocfc-MG e o Detran-MG e ressaltou que o setor está engajado para discutir em alto nível.

Oficinas no sábado

Para fechar o Congresso MIneiro de CFCs, no sábado (16/11/19), aconteceram, simultaneamente, duas oficinas, que foram treinamentos práticos para aprimoramento e fomento das atividades dos CFCs. A primeira delas foi sobre "Marketing digital para o seu CFC, visando o Black Friday e outras ações", com o publicitário e pós-graduado em Marketing e Comunicação, Rodrigo Magalhães.

A segunda oficina, que teve o tema "Empreendedorismo, processos pedagógicos e vendas: Como alavancar os resultados da sua autoescola com práticas simples", foi coordenada pela mestra, pós-graduada em Segurança no Trânsito, palestrante e ex-proprietária de CFC, Roberta Torres.

Sorteios
Os parceiros do Congresso Mineiro de CFCs disponibilizaram diversos brindes para serem sorteados. A Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), que não participou oficialmente do evento, disponibilizou um kit gás para sorteio. O Grupo Criar ofereceu R$ 1 mil para serem usados no e-prova; a RealDrive sorteou um tablet e da parte da Auto Clique foram duas caixas com 50 kits de material didático cada. A Centec ofertou três cursos de atualização: um para instrutor de trânsito, um para diretor de ensino e um para diretor geral e a Berdine sorteou mochila, kit para churrasco e squeezes.


Clique aqui e veja a cobertura fotográfica completa do evento!

Depoimentos de alguns dos presentes

Márcio Menon – sócio-proprietário do CFC Conquista de Juiz de Fora
"Nossa autoescola vai fazer um ano. Nesse período, mesmo que curto, fomos a todos os eventos promovidos pelo Sindicato. Este evento está excelente. Muito boas a localização, a organização e a estrutura. Achei bom ser no feriado, pois pegamos esse período em que a autoescola não estaria funcionando para poder participar do Congresso. Venho acompanhando o trabalho do Sindicato. Acho a briga boa. Alessandro tem defendido o interesse dos CFCs para tentar normatizar e ter mais segurança no setor.
O Sindicato tem nos ajudado muito. Deu todo o suporte na transferência de sócios. Todos deveriam se associar. Não só pagar a mensalidade, mas participar ativamente. Levar ideias, dúvidas e problemas."

IMG0438.jpg

Francielly Freitas de Battisti e Regino Costa - diretora de ensino e proprietário, respectivamente, do CFC Rio Branco de Visconde do Rio Branco e Guiricema
"Muito interessante o evento, bem agradável. Bastante informação sobre tecnologia. É o primeiro evento do Siprocfc-MG que participamos. Alessandro é bastante batalhador. Ele tem buscado bastantes coisas novas, tentando inovar. Não somos associados, mas pensamos em nos associar ao Sindicato. Este evento valeu a pena."

IMG0429.jpg

Michelle de Oliveira Moura – proprietária do CFC Líder de Patrocínio
Desses eventos maiores, é o primeiro que participo. Está sendo de extrema importância, ainda mais diante das dificuldades que os CFCs vem passando. Aqui, estamos nos atualizando sobre as mudanças que podem vir a acontecer. A primeira palestra foi de extrema importância, sobre o valor dos clientes. Visitar os estandes também foi importante, pois tem muitas atualizações pra nós. Coisas que as vezes nem ficamos sabendo e que aqui ficamos cientes. Foi a melhor ideia ser no feriado, porque pra mim é muito longe. Importante lidar com pessoas do mesmo ramo. Conversar com um ou outro é sempre muito bom. Sou fã número 1 do Alessandro. Não desmerecendo os outros, mas ele é diferenciado. A gestão dele é grandiosa. Não tenho nem palavras pra falar de tanto que sou fã do trabalho dele.

IMG0528.jpg


21 nov 2019 - Comunicação - Siprocfc-MGVoltar